• Carlos Eduardo Leite Pereira

DE ALUNO A PROFESSOR DA EEP

"Já faz 12 anos em que tenho tido a satisfação de poder realizar as minhas duas paixões profissionais: a busca constante por novos conhecimentos e a transferência desse conhecimento aos futuros engenheiros formados pela Escola de Engenharia de Piracicaba".


Neste dia 5 de Junho, comemoramos o dia do engenheiro mecânico. Assim, aproveito essa data especial para relembrar o caminho que eu decidi trilhar que começou a 31 anos atrás quando decidi ingressar no curso técnico de mecânica do Colégio Técnico de Limeira (Cotil/Unicamp).


Desde criança, sempre fui apaixonado em descobrir como as coisas funcionavam, principalmente as máquinas que eu tinha contato na casa de meus pais, por exemplo, a máquina de costura de minha mãe, o Fusca do meu pai e os eletrodomésticos.


Ao terminar o ensino ginasial, hoje fundamental II, tentei ingressar no curso técnico de mecânica do Colégio Técnico de Limeira, o Cotil, pois era o curso disponível em minha cidade, que a maioria de meus colegas cogitavam em prestar. Prestei o vestibulinho no final do de 1989, no entanto, acabei não conseguindo a vaga. Assim, fui dar início meus estudos no ensino médio em outro colégio tradicional em minha cidade.


Porém, o curso tradicional não despertava a minha curiosidade e o interesse pelos estudos. Então, decidi parar de cursar o ensino médio tradicional e me voltei, novamente, a prestar o vestibulinho para o curso técnico de mecânica do Colégio Técnico de Limeira. Dessa vez, acabei conseguindo a vaga e aí começou uma nova fase na minha vida acadêmica.


Dediquei-me diariamente aos estudos, principalmente das disciplinas de Matemática e Física, as que mais me empolgava. O curso era integral, as aulas começavam às 7:30h da manhã e terminavam às 17:00h. Durante a noite, aproveitava para repassar todo o conteúdo ministrado nas aulas e assuntos nos quais não ficavam muito claros para mim, ou seja, eu ficava pensando sobre aqueles conceitos ensinados até que tudo ficasse claro e lógico.


Ao terminar o curso técnico de mecânica, fiz um estágio de seis meses em uma indústria de autopeças de minha cidade, deparei me com um dilema: Qual curso superior gostaria de fazer? Fiquei entre os cursos de Física, Matemática e Engenharia.


Acabei escolhendo Engenharia Mecânica, embora tenha conseguido vaga no curso de Física em uma universidade pública do estado de São Paulo.


No início de 1995, comecei a cursar engenharia mecânica na Escola de Engenharia de Piracicaba (EEP), pois era a instituição de ensino que oferecia o curso de engenharia mecânica que estava mais próxima da minha cidade e que possuía boa reputação no ensino, tendo vários profissionais de sucesso como ex-alunos. Naquela época não me sentia preparado para deixar a casa de meus pais e ir morar em outra cidade para estudar, embora acredito hoje que seja uma grande oportunidade para o amadurecimento pessoal.


Durante o curso na Escola de Engenharia de Piracicaba adotei a mesma sistemática de estudo que eu desenvolvera durante o curso técnico. Assistia as aulas e após o retorno para casa, repassava todo o conteúdo ministrado nas aulas até que tudo estivesse claro em minha mente. Para isso, fazia uso de livros que eu emprestava na biblioteca da faculdade ou da biblioteca municipal de minha cidade. Naquela época, não havia ainda a internet e facilidade de pesquisar como existe hoje.


Consegui terminar o curso de engenharia mecânica da EEP com média geral de 8,5 o que acabou me concedendo a homenagem de primeiro aluno da turma durante a solenidade de colação de grau. Na época, a média na instituição era 6,0 para conseguir aprovação nas disciplinas.


Durante o curso na EEP, uma nova paixão começou a se despertar em mim, a de transferir o conhecimento. Era comum eu auxiliar colegas meus no entendimento dos conteúdos das disciplinas. Assim, somado o desejo de me aprofundar nos estudos com o de transferir esses conhecimentos à outras pessoas, decide dar sequência à minha carreira acadêmica ingressando no curso de mestrado em engenharia mecânica na Faculdade de Engenharia Mecânica (FEM) da Unicamp, na área de mecânica dos sólidos e projeto mecânico.


Durante o mestrado, estudei o comportamento estrutural de elementos de placa e casca e sua implementação em software de simulação numérica por Elementos Finitos. Ainda durante o curso de Resistência dos Materiais do curso de engenharia na EEP, eu me sentia curioso em saber quais eram as ferramentas de cálculo que pudessem ser aplicados em elementos estruturais de placa e casca. Assuntos esses que não são tratados nos cursos de graduação, sendo destinados à cursos de pós-graduação.


Terminado o mestrado, decidi continuar meus estudos e dei início ao meu douramento na área de mecânico dos sólidos, mas dessa vez a área de trabalho foi o de otimização estrutural aplicado a modelos não lineares fazendo uso da análise de sensibilidade topológica, tendo como objetivo a redução da massa de uma determinada estrutura, mas ao mesmo tempo, mantendo a integridade estrutural da mesma. A conclusão do trabalho de doutorado resultou em duas publicações em revistas indexadas internacionais.


Por fim, após esse longo período de estudos, passei um curto período realizando prestação de serviço na área de simulação numérica na área estrutural e no início de 2009, após ser aprovado em concurso público, comecei a lecionar na antiga instituição na qual tinha cursado a graduação, a Escola de Engenharia de Piracicaba EEP, tendo assim a oportunidade de satisfazer a minha segunda paixão, o ato de transferir conhecimento.


Já faz 12 anos em que tenho tido a satisfação de poder realizar as minhas duas paixões profissionais: a busca constante por novos conhecimentos e a transferência desse conhecimento aos futuros engenheiros formados pela Escola de Engenharia de Piracicaba.


Professor Dr. Carlos Eduardo Leite Pereira


Curso Envolvido: Engenharia Mecânica


ATENÇÃO: O conteúdo deste artigo é de inteira responsabilidade do autor, a instituição reproduz este conteúdo sem interferência ou participação.

109 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo