• Evandro Mangueira

COMO ESTRUTURAR UM PLANO DE NEGÓCIO


Quer abrir sua empresa de serviço ou produto e não sabe por onde começar?

Crie um bom plano de negócio, seguindo o passo-a-passo que vou lhe dar.


Estruturar um bom Plano de Negócio é como jogar Futebol, se você conhece bem as regras e tem um bom gingado, vai muito longe e certamente ficará milionário.


Seja Criativo e persistente.

"Ter boas ideias não te leva a lugar algum, sua capacidade de executá-las é que vai te fazer ganhar o jogo!"


Todos os dias temos ótimas ideias, mas nossa capacidade em executá-las é que faz ganhar jogo, não adianta sonhar e não praticar, pois a Fé sem Obra é Morta (Tiago 2:14-26).


Para que seu sonho comece a tomar forma e sua boa ideia se torne um projeto lucrativo, deve-se começar por uma boa estrutura de plano de negócio.


E para isto dividirei em 6 partes Importantes e Fundamentais para o sucesso garantido.


1 - Não tenha Preguiça.


A Primeira parte é o Sumário Executivo e neste ponto é importante não ter preguiça.

No Sumário Executivo, é feito um checklist de tudo que vai precisar:

Local, se vai ser um empreendimento físico ou virtual, se vai ser serviço ou produto.

Quais as questões legais, qual investimento, qual o propósito da empresa, quais os valores e missões, perfil dos empregados e dos sócios.

Será uma empresa de um único produto?

Qual o perfil do meu futuro cliente?

Consigo Validar a ideia?

Tenho pesquisa de mercado, tenho métricas?

Preciso de quais profissionais? Contador? Advogado?

Nesta etapa você vai anotar todas as perguntas que achar pertinente e escrever quais as respostas mais adequadas e depois irá excluir as que achar não validadas e ficar com aquelas respostas que melhor representa o seu futuro negócio e a dica de ouro:

Não tenha preguiça! Faça um checklist completo, geralmente nesta hora que encontramos os maiores erros e nos livramos de problemas futuros.


Chame atenção!

"Seja original, mostre seu estilo e conte sua história."


2 - Fuja do mesmo.


A Segunda parte é a Análise de Mercado.

Entender o cliente e perceber que mais importante do que vender é se conectar, é o que vai fazer sua Empresa ser diferente.

Analisar o mercado não significa copiá-lo, muito pelo contrário, analisar o mercado significa perceber que algo está faltando e que você irá ofertar isto.

Conte sua história, seja verdadeiro, não tem como você vender algo que não acredita de verdade, não existe segredo: A oferta tem que ser boa para que o cliente perceba valor.

Na dúvida, se coloque no lugar do seu Cliente: Eu compraria?


Perceba o que as empresas em sua voltam fazem, modele o que é sucesso nelas, mas não as copie, pois seu diferencial tem que ter autenticidade.

Quando se é pequeno, principalmente, é mais difícil concorrer, então o melhor a fazer é oferta algo muito segmentado e especializado e (principalmente) humanizado. As pessoas compram por razões diferentes, mas se elas se sentirem exclusivas, certamente vão comprar muito mais.

Modele sem copiar!



3 - Compre sem errar.


A Terceira parte é a Análise de Fornecedores.

Vou te contar um segredo, tem muita gente que erra neste ponto!

Sua ideia é ótima, você tem o público ideal próximo, sabe vender e na hora de oferecer um produto ou serviço, ele não tem qualidade, não entrega no prazo e muito menos tem garantia, somente porque seus fornecedores são desqualificados?

Muita gente negligência esta parte.


"Valorize seu fornecedor! Nada de ficar explorando seu fornecedor."


Já vi muita empresa fechar porque não soube lidar com fornecedores. Eles são parte importante do negócio, se sua empresa tem um bom fornecedor, valorize-o.

Boas parcerias te levam mais longe.

Nada de ficar explorando seu fornecedor por descontos sem cabimento, mas antes de fidelizar, modele seus fornecedores!

Eles precisam se adaptar a sua demanda, aos seus prazos e a qualidade que deseja ofertar.

Este mês comprei um serviço na casa dos 9 mil reais, era um serviço, mas que o resultado terminava sendo um produto, e prazo para confecção era de 40 dias. A empresa levou quase 80 dias para entregar o produto finalizado: Alegou que os seus fornecedores atrasaram etc.

Eu conversei com alguns clientes desta empresa, clientes antigos e novos, e todos relataram atrasos na entrega. Sabe o que isto significa? Se o gargalo for realmente os fornecedores, está empresa está ficando com péssima reputação no mercado e ela poderia resolver isto, procurando fornecedores melhores e mais pontuais, as vezes pagando um pouco a mais.

A longo prazo, isto vai afetar sua imagem.

Dica: Se o seu prazo de entrega é de 40 dias, entregue com 30! Isto vai causar uma doce surpresa ao cliente e sua reputação só vai melhorar.


4 - Venda sem Vender.


A quarta parte é o Plano de Marketing.

Aqui vai o maior segredo: Venda sem vender, nada de ficar oferecendo o produto, ofereça a vantagem.

Nada de apresentar as características, apresente as funcionalidades.

Nada de ficar vendendo, gere valor!

O seu plano de Marketing tem que seguir esta linha de pensamento.

Se você não sabe criar sua própria Marca ou fortalecer o nome da sua empresa, contrate alguém experiente, mas acompanhe de perto seu marketing.

Para mim, só existe vendas, todas as outras coisas são ferramentas para este objetivo.


"Juntos, somos mais inteligentes."


5 - Sozinho, sempre serei menos inteligente que o coletivo.


A quinta parte é o Plano Operacional.

Neste ponto deve-se ter em mente como sua empresa vai funcionar, quais os funcionários e quais os processos devem ser aplicados.

Muita gente acha que ser empresário é não trabalhar e outros tantos acham que ser empresário é nunca parar.

A dica é: Empresário é aquele que não faz nada, mas não deixa nada ser feito.

Delegar é muito importante, mas para isto é preciso uma equipe alinhada, disposta e comprometida.

O Plano Operacional envolve: Pessoas, Processos e Produtos.

Quando estes 3 itens estão funcionando como uma engrenagem, o sucesso é garantido.


6 - Não pegue dinheiro emprestado, principalmente de parentes.


A sexta parte é o Plano Financeiro.

Aqui fica minha dica mais valiosa: Não pegue dinheiro de terceiros! A não ser que seja bem planejado, com a empresa já funcionando e com certeza de que o dinheiro será para crescimento.

Um bom Planejamento Financeiro vai te fazer crescer com robustez, pode até ser devagar, mas a direção é muito mais importante que a velocidade.

Faça um bom plano financeiro e nele preveja gastos a mais, e cuide da saúde financeira da sua empresa. Muita gente quebra porque confunde empresa com poupança.

Quer ter sucesso? Contrate um especialista!



"Eu sou Evandro Mangueira e amo Pequenas Empresas e Empreendedores!

Vamos juntos crescer!

Um Grande Abraço."



Assista o vídeo da palestra no canal da Escola do Legislativo com parceria da PÓS EEP.



Evandro Mangueira é Assessor da PÓS-GRADUAÇÃO DA EEP/FUMEP

Fonte: https://www.evandromangueira.com.br/blog




ATENÇÃO: O conteúdo deste artigo é de inteira responsabilidade do autor, a instituição reproduz este conteúdo sem interferência ou participação.

30 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo