• damariscamargo1

ANÁLISE DO SETOR DE PLANEJAMENTO E CONTROLE DA PRODUÇÃO DE UM ABATEDOURO DE FRANGO


A produção e o consumo de carne de frango têm crescido consideravelmente nos últimos anos, e um dos fatores para este aumento pode se dar pelo constante investimento em manejo, genética e tecnologia no setor.


Visando confrontar a concorrência, as empresas do segmento necessitam investir cada vez mais em melhorias e, consequentemente, em suas atividades internas, com destaque para o PCP. O PCP (Planejamento e Controle da Produção) pode ser considerado como um sistema de informação que comanda a produção quanto ao que, como, quando fabricar, assim como a quantidade a ser fabricada, levando em consideração também os seus respectivos controles. O PCP é de suma importância dentro de uma empresa pois, além da melhoria na produção, uma das vantagens competitivas é a eficácia que a atividade proporciona ao processo produtivo.


Neste contexto, o objetivo deste trabalho é apurar a formalidade e a informalidade das atividades desenvolvidas pelo setor de PCP e dos demais departamentos, considerando a atual estrutura organizacional, sistemas de transformação, produção e informação do Abatedouro X.


O trabalho foi realizado em um abatedouro de médio porte, com média diária de abate de 25.000 aves, atua no mercado há 25 anos, no setor de abate e beneficiamento de frangos e atualmente, conta com 400 funcionários, distribuídos entre os setores administrativos e produção. A empresa opera com o modelo de integração, fornecendo o pintinho, a ração, a assistência técnica ao criador, e se encarrega de abater e comercializar os frangos.


Após a análise realizada no abatedouro de frango, percebe-se que, mesmo a empresa possuindo um setor específico para planejamento e controle de produção, boa parte das atividades ainda são realizadas por outros departamentos, sendo elas: planejamento das capacidades produtivas, realizado pelo setor de produção; planejamento da demanda, realizado parcialmente pelo setor comercial; roteiro de produção, realizado pelo setor de produção e o acompanhamento e controle da produção, realizado pelo setor de qualidade.


Futuramente, após um estudo mais detalhado sobre a estruturação de recursos do departamento de PCP, há a possibilidade de que o mesmo absorva o restante das atividades. Espera-se que o trabalho realizado possa contribuir para uma conscientização cultural sobre a importância do PCP dentro da empresa. Além disso, visando a melhoria em seus processos, fica a sugestão de que a empresa invista num projeto de S&OP (Sales Operation Planning) e em um departamento de melhoria contínua.

Eduardo Gomes

Ex-aluno da PÓS EEP de MBA Gestão da Qualidade e Produtividade da FUMEP


Fonte: Trabalho de conclusão de curso

Curso envolvido: MBA Gestão da Qualidade e Produtividade ATENÇÃO: O conteúdo deste artigo é de inteira responsabilidade do autor, a instituição reproduz este conteúdo sem interferência ou participação.

45 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo